Meditação e yoga para crianças

                                                                                                 Swami Sarveshwarananda Giri

Nem todas as crianças tem os mesmos interesses ou natureza, e eles não necessariamente seguirão as propensões espirituais dos seus pais. 

Um bom entendimento da natureza da criança e estilo de aprendizado é essencial para gentilmente guia-la em direção a (re)descobrir o caminho que lhe trará seu preenchimento final. Isto também prevenirá de todas as freqüentes “vacinações” na criança contra meditação e espiritualidade, que ocorre quando os pais impõem suas visões e práticas simplesmente porque “ isto funcionou para eles”... 

Seguem aqui algumas das coisas a se observar na criança que designará uma rotina espiritual a propriada para elas:

1. Qual é o temperamento básico da criança? Se ela é primariamente movida pela sua cabeça, coração, mãos ou espírito, ou uma combinação das partes? 

Isto determinará quais dos quatro caminhos do Yoga é mais apropriado para ela. O caminho do jñana yoga se encaixa em crianças com uma disposição intelectual, que gosta de histórias, charadas, desafio mental,etc. Bhakti yoga encaixa-se melhor em crianças com uma natureza emocional, que são naturalmente atraídas por musicas espirituais, cantos sagrados, rituais etc. Karma yoga para crianças que são motivadas pela ação, e que desenvolvem-se com tarefas fisicamente orientadas, serviços para outros, etc. Raja yoga é para os tipos mais meditativos, que são nutridos pela meditação, concentração, posturas etc.

2. Qual é o modelo primário de aprendizado da criança —que a faça processar novas informações principalmente por um modelo visual, auditivo,ou sinestésico (baseado no corpo), ou a combinação deles? 

Isto ajudará a determinar o estilo de ensino que melhor funcionará para ela. 

Visual: crianças vão muito bem com textos, símbolos, gráficos, cartazes, hierarquias, etc. 

Auditivos: crianças que aprendem melhor de palestras, professores, e conversando com os pais de outras crianças. 

Sinestésica: crianças que precisam de um ambiente de aprendizado conectado com a realidade, também através de experiências, exemplos, praticas ou simu-lação. 

Tenha em mente que as crianças são raramente dominadas por um único modelo. Pesquisas em educação sugerem que 50 a 90% dos alunos de salas de aula são multimodais, ou seja, tem mais de uma preferência.

3. Quais são os interesses e habilidades naturais de uma criança —artes, esportes, contar histórias, musica, matemática, etc.? 

Isto pode ser usado como um contexto para ensinamentos e atividades espirituais, e ajudar a desenvolver seus talentos para alcançar suas metas. 

Idealmente, criar filhos deveria ser uma paixão 24 horas por dia, 7 dias por semana, e não um hobby meio período. Se nós não nos sentirmos apaixonadamente comprometidos em amar, nutrir, guiar, proteger, ou sacrificar nosso conforto pessoal pelo bem das preciosas crianças que Deus nos concedeu, provavelmente teria sido melhor desistir disto e, ao invé,  ter um animal de estimação. 

Todavia a vida espiritual não exige que se seja perfeito, mas, que constantemente avance em direção ao melhoramento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muito grata pelo seu comentário e sua ajuda para que este blog melhore cada vez mais!
Beijos de luz
mirna