Entendendo a psique da criança

A razão primordial pela qual se torna tão difícil para nós, adultos, conhecer o mundo da criança, do bebê e do recém nascido é que a realidade unitária primária da criança é completamente diferente da nossa consciência polarizada, considerando que a realidade unitária vivencia uma totalidade psíquica e a consciência polarizada em subjetivo e objetivo vivencia uma realidade psíquica segmentada.

Resumindo, a criança vive em uma mundo onde não ocorre a separação dos opostos, isto é, o universo é sentido em comunhão e obediente ao Self, que é o ser, o indivíduo representado pelas suas atitudes e comportamentos. E assim, como menciona Piaget: ¨A realidade está impregnada pelo Self e um pensamento é compreendido como se pertencesse à categoria da matéria física.¨ E só quando entendemos essa relação estreita entre o ser físico e o entorno formado pelo mundo externo e a natureza diretamente ligado a relação primal com a mãe, isto é, onde a criança não individualiza, ainda, o seu próprio corpo do corpo da mãe, é que nos aproximamos do entendimento da psique da criança.

Fonte de pesquisa:Erich Neumann - A criança

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muito grata pelo seu comentário e sua ajuda para que este blog melhore cada vez mais!
Beijos de luz
mirna